Dos 34 integrantes da CPMI da JBS, ao menos 8 receberam doação da empresa

Venceslau Borlina Filho

Do UOL, em São Paulo

Ao menos oito dos 34 deputados e senadores titulares nomeados para a CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) da JBS receberam recursos da empresa como doação de campanha nas eleições de 2014.

Os valores somados das doações eleitorais feitas pela JBS, que pertence ao grupo J&F, chegam a R$ 3,9 milhões. Quase 50% desse valor, entretanto, foi doado ao senador Wellington Fagundes (PR-MT). Já o menor valor doado foi para o deputado Victório Galli (PSC-MT), de R$ 30 mil.

Entre os beneficiados das doações também está o deputado nomeado para relatar a CPMI, Carlos Marun (PMDB-MS). Integrante da tropa de elite do presidente Michel Temer, ele recebeu R$ 103 mil da empresa, via repasse de outros candidatos.

Facebook Comments