Banco do Brasil tem lucro ajustado de R$ 2,7 bilhões no 3º trimestre, alta de 15,9%

Imagem retirada do Facebook / Banco do Brasil

Por Álvaro Campos e Talita Moreira | Valor

SÃO PAULO  –  O Banco do Brasil (BB) obteve lucro líquido ajustado de R$ 2,708 bilhões, o que representa aumento de 15,9% em relação ao mesmo período de 2016. O lucro contábil, que inclui itens extraordinários, somou R$ 2,841 bilhões, aumento de 26,5% na mesma base de comparação.

O resultado superou as projeções de analistas consultados pelo Valor, que esperavam, na média, um lucro ajustado de R$ 2,754 bilhões no período.

A margem financeira bruta recuou 5,6%, para R$ 14,247 bilhões. No entanto, as despesas com provisões para devedores duvidosos (PDD) cederam 9% e ficaram em R$ 5,163 bilhões.

As rendas de tarifas deram contribuição positiva, crescendo 9,9% na comparação anual, para R$ 6,562 bilhões.

O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROAE, na sigla em inglês) foi de 12,8% no terceiro trimestre de 2017, acima dos 12% obtidos no mesmo período do calendário anterior. Entre janeiro e setembro, o retorno ficou em 12,3%.

Facebook Comments
Facebook