PT de SP quer que Justiça investigue caixa 2 em campanha de vereador do MBL

Janaina Garcia

Resultado de imagem para Fernando Holiday
Fernando Holiday

Do UOL, em São Paulo

O diretório municipal do PT informou nesta terça-feira (14) que vai encaminhar representação à Justiça para que o vereador Fernando Holiday (DEM) seja investigado por suposta prática de caixa 2 durante a campanha de 2016. Ele foi eleito ano passado depois de ganhar projeção nos protestos pelo impeachment de Dilma Rousseff (PT) como uma das lideranças do MBL (Movimento Brasil Livre).

A medida será apresentada esta semana com base em reportagem publicada na segunda-feira (13) pelo Buzzfeed. Segundo o site, a campanha de Holiday, estreante no legislativo, teria usado caixa 2 para pagamento de cabos eleitorais. A reportagem divulgou planilhas com nomes e documentos de 26 cabos eleitorais que teriam recebido em dinheiro vivo da campanha, mas sem que os pagamentos fossem declarados à Justiça Eleitoral. Os pagamentos seriam realizados ao final de cada dia de panfletagem na praça de alimentação de um shopping na avenida Paulista (região central de SP).

Facebook Comments